MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Estado

Sarau do Solar recebe a multi-instrumentista Clarissa Ferreira

Em 05/05/2022 às 09:00h

por Redação JM

Sarau do Solar recebe a multi-instrumentista Clarissa Ferreira | Estado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Bajeense possui Bacharelado em violino (UFPEL), mestrado (UFRGS) e doutorado (UNIRIO) em Etnomusicologia / Foto: Reprodução /JM

O Sarau do Solar de 11 de maio, às 18h30, na sala José Lewgoy do Solar dos Câmara da Assembleia Legislativa, recebe a multi-instrumentista, compositora e etnomusicóloga bajeense Clarissa Ferreira, no espetáculo LaVaca. Sarau do Solar - 30 Anos de boa música.

O Sarau do Solar, que completa 30 anos de existência, tem como novidade na programação de 2022 o ingresso solidário, possibilitando que os expectadores usufruam de belos espetáculos musicais e também contribuam com a doação de alimentos não perecíveis, que são encaminhados à Defesa Civil do Rio Grande do Sul e entregues a pessoas e instituições cadastradas.

O trabalho de Clarissa Ferreira alia música e pesquisa, abordando questões que repensam o regionalismo gaúcho nos espaços sociais e na geografia local, a partir dos elementos simbólicos e códigos sonoros. O Pampa, as relações com a natureza e a mulher gaúcha são temas presentes nas letras das canções de seu repertório autoral contando com poesias musicadas de Mário Quintana, Angélica Freitas e Maria Gabriela Saldanha. LaVaca alia tradição e modernidade, trazendo a linguagem da música sulina, inclusiva e contemporânea e versando sobre o presente, através do uso de instrumentos acústicos e arranjos camerísticos de violões, violinos e percussões.

O repertório do espetáculo possui composições como A vaca" (Clarissa Ferreira/ Mário Quintana), “Flor de pedra” (Susane Paz/ Clarissa Ferreira), “Abuelita” (Clarissa Ferreira), “Flor extinta” (Clarissa Ferreira/ Neuro Júnior), “Mulheres da Guerra" (Clarissa Ferreira/ Lucas Ramos), “Gauche” (Clarissa Ferreira/ Ana Mattiello), “Satélites” (Clarissa Ferreira), “Cavalo crioulo” (Clarissa Ferreira), “Pampa” (Clarissa Ferreira), “Cacilda” (Clarissa Ferreira/ Marília kosby), “Tiranas” (Clarissa Ferreira/ Maria Gabriela Saldanha), “Manifesto Líquido” (Clarissa Ferreira), “Os churrascos" (Clarissa Ferreira/ Angélica Freitas)

A artista

Clarissa Ferreira possui Bacharelado em violino (UFPEL), mestrado (UFRGS) e doutorado (UNIRIO) em Etnomusicologia, pós graduanda em Arteterapia.Em 2018 criou com a poeta e antropóloga Marília Kosby a performance Poesia Xucra, apresentada na FestPoa Literária e na FLIP, em Paraty. Faz parte do grupo As Tubas, atuando como musicista, tendo dirigido musicalmente o espetáculo e álbum ao vivo "Corpo Espaço", em 2019, indicado como melhor álbum no Prêmio Açorianos.

Também foi uma das residentes do Projeto Concha/Natura Musical. Em 2019 atuou como diretora musical dos espetáculos "Pago Revisitado", Unimúsica UFRGS ao lado do músico Texo Cabral e no projeto Sonora Brasil/SESC, com a pianista Ana Fridman. Em 2020 lançou o single e videoclipe "Satélites" com participação de Kia Sajo, Paola Kirst e Tamiris Duarte (vencedor no Prêmio Profissionais da Música na categoria videoclipe) e o single e videoclipe "Mulheres da Guerra",com sua produção, ao lado de Lucas Ramos.

Ainda em 2020 lançou o minidocumentário "Satélites: tudo pode virar inspiração para os seres humanos". Compôs trilha sonora exclusiva para o filme "30 povos" para o Canal Curta1, para o espetáculo multi-linguagens Limiar e para a série Enlace. Em 2021, na programação do Sonora Brasil SESC, dirigiu o espetáculo "Líricas Sulinas" e apresentou o webinar "Sonoridades Sulinas", mostrando uma visão feminista da música do Rio Grande do Sul.

Galeria de Imagens
Leia também em Estado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br