MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Estado

Capitã Mariana e escrivã Camila: mulheres pioneiras na aviação da Brigada Militar e Polícia Civil

Em 08/03/2022 às 16:46h
Yuri Cougo Dias

por Yuri Cougo Dias

Capitã Mariana e escrivã Camila: mulheres pioneiras na aviação da Brigada Militar e Polícia Civil | Estado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Reprodução/Estado

Elas estudaram muito, passaram por seleção, treinamento, e hoje voam em aeronaves das forças de segurança do Estado. A escrivã da Polícia Civil Camila Meggiolaro dos Santos, 31 anos, e a capitã da Brigada Militar Mariana Tigik Hoffmann, 38 anos, são as primeiras mulheres a pilotarem nas corporações.

De dezembro a março, Camila sobrevoou o litoral gaúcho, integrando a Operação RS Verão Total, com o helicóptero Gavião 1 da Polícia Civil. A piloto, que sempre quis seguir a profissão na aviação, conta que espera incentivar outras mulheres.

“No litoral eu fui presenteada com muitas situações de mães com meninas, principalmente pequenas, nos procurando para tirar foto, para conhecer a aeronave, e aproveitando a oportunidade para incentivar as meninas ao ingresso na corporação ou demonstrar a elas que podem chegar aonde querem”, ressalta Camila.

A capitã Mariana também protagonizou um momento histórico. Ainda em formação no Batalhão de Aviação da BM, ela fez, em fevereiro, o primeiro voo no Guapo 10 – avião Embraer 710 Carioca –, sem a presença de instrutor.

“Este ano foi feito o primeiro voo com uma mulher e ano que vem vai ser o centenário do primeiro voo da Brigada Militar. Vou ser uma piloto já completa, apta a fazer as atividades de segurança pública porque ainda estou em período de instrução. Então, para mim, vai ser algo ímpar. E acredito que vai ser muito relevante para a história da Brigada e do Batalhão de Aviação”, disse.

A piloto pioneira na BM destaca a presença de mulheres na aviação. “Fico muito feliz com isso, pela receptividade dos colegas, de todos aqui, de todos que trabalham no batalhão, dos mecânicos, dos tripulantes. E realmente, tratada de forma igual a todos os pilotos, sem discriminação nenhuma”.

 

* Informações do Governo do Estado

Fonte da Matéria: Governo do Estado
Galeria de Imagens
Leia também em Estado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br