MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Campo e Negócios

Genética é premiada no remate Guatambu e Caty com liquidez e médias altas

Em 14/10/2021 às 06:10h

por Redação JM

Genética é premiada no remate Guatambu e Caty com liquidez e médias altas | Campo e Negócios | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Divulgação

Realizado em 7 de outubro, o 49º leilão Guatambu e Caty, organizado pelos dois criatórios de Dom Pedrito e Santana do Livramento, respectivamente, teve pista limpa na venda de fêmeas e machos das raças Hereford e Braford. Com 7 horas de duração, iniciando a tarde e invadindo a noite, foram comercializados 100 touros, 100 novilhas e 250 terneiros no evento virtual conduzido pela Central Leilões e Cambará Remates.

O titular da Guatambu, Valter Pötter, salienta a importância da genômica no trabalho realizado pelos criatórios para atingir estes resultados. Reforça também que participaram do leilão 37 compradores, e a grande maioria de clientes tradicionais que vem repetindo compras, além de novos compradores dos Estados de Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul. “Foi o nosso melhor leilão da década em termos de valorização dos animais e liquidez”, observou.

De acordo com o representante da Caty, Bernardo Pötter, o evento foi uma coroação da genômica. “Os criadores souberam valorizar o trabalho de avaliação e seleção genômica realizado pelas duas propriedades. Touros com DEPs genômicas muito destacadas para características de produção e favoráveis para características como facilidade de parto e resistência a carrapatos foram disputados acirradamente e muito valorizados, o que comprova que o produtor está em sintonia com a seleção baseada em desempenho a campo, buscando resultado econômico na atividade”, destacou.

Nas médias, os touros da raça Braford se destacaram, alcançando R$ 23,67 mil, enquanto os touros da raça Hereford chegaram a R$ 18,28 mil. Nas fêmeas, as da raça Hereford alcançaram a média de R$ 10,44 mil enquanto as da raça Braford fecharam em R$ 6,9 mil.

O lote mais valorizado do remate Guatambu e Caty foi o touro Braford U137, comercializado pelo valor de R$ 42 mil para Geraldino Esteca Cabral, de São Pedro do Sul (RS), que salientou sua excelente avaliação e a confiança no trabalho de melhoramento genético realizado na Estância Guatambu!. “Ele foi valorizado por ter seus índices genéticos muito favoráveis e quase perfeitos, com índice de facilidade de parto alto e índices de produção também altíssimos em termos de desmama e final e alta resistência ao carrapato”, afirmou Valter.

Galeria de Imagens
Leia também em Campo e Negócios
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br