MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

COVID-19

Região recebe remessa com mais de 7,3 mil doses de imunizantes contra a Covid-19

Em 15/07/2021 às 07:40h

por Redação JM

Região recebe remessa com mais de 7,3 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 | COVID-19 | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Distribuição de doses começou na quarta-feira | Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini



A Secretaria da Saúde distribuiu, na manhã desta quarta-feira, dia 14, 406.250 doses da vacina contra a Covid-19 das fabricantes Astrazeneca (308.590 unidades) e Coronavac (97.660), todas exclusivamente para segunda aplicação (D2). O público-alvo, no caso da Astrazeneca, é quem recebeu a primeira dose entre 10 e 12 semanas ou, para Coronavac, quatro semanas. Do total, são 308.590 Astrazeneca e 97.660 Coronavac para todo o Estado.

As Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) retiraram as doses referentes aos seus municípios de abrangência por via terrestre. Duas regionais, a 4ª CRS (com sede em Santa Maria) e a 14ª (sede em Santa Rosa) optaram por retirar suas cargas na quinta-feira (15/7), juntamente com a distribuição de nova remessa da vacina contra a gripe.

Para a região, foram destinadas 5.615 doses da Astrazeneca, sendo 2.225 para a segunda dose de pessoas com 60 e 61 anos e outras 3.390 para a complementação da imunização de pessoas com comorbidades de 54 a 59 anos e pessoas cadastradas com deficiência de 55 a 59 anos. Da Coronavac, foram destinadas 30 doses para Aceguá, 1.180 para Bagé, 70 para Candiota, 330 para Dom Pedrito, 30 para Hulha Negra e 80 para Lavras do Sul, totalizando 1.720 doses.

As doses da Astrazeneca estão sendo distribuídas com o objetivo de antecipar em até duas semanas o intervalo entre as aplicações. A decisão, que também inclui o intervalo entre doses da vacina da Pfizer, foi tomada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com representação do Estado e de municípios, na segunda-feira (12/7).

O objetivo é garantir melhor resposta imune para a variante delta, uma vez que foram detectados dois casos suspeitos no Estado. As amostras foram enviadas para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, e os resultados devem sair até a sexta-feira (16/7). Apenas uma dose da vacina é pouco efetiva para essa variante.

A organização da aplicação das segundas doses, assim como das primeiras, é de responsabilidade dos municípios, que podem escolher a melhor estratégia para atingir o público-alvo em cada situação.

De acordo com a secretária da Saúde, Arita Bergmann, o adiantamento do intervalo entre doses não prejudicará o calendário vacinal estabelecido pelo governo do Estado. A previsão de vacinar 100% da população maior de 18 anos com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19 é 20 de setembro.

Galeria de Imagens
Leia também em COVID-19
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br