MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Região

CGT Eletrosul analisa viabilidade de propostas de moradores de Candiota

Em 08/07/2021 às 09:21h
Jaqueline Muza

por Jaqueline Muza

CGT Eletrosul analisa viabilidade de propostas de moradores de Candiota | Região | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Venda envolve mais de 400 imóveisFoto: Divulgação

A equipe multidisciplinar da CGT Eletrosul está analisando as solicitações e viabilidade das propostas apresentadas pelo grupo de moradores dos mais de 400 imóveis que irão a leilão nas vilas Operária e Residencial, de propriedade da empresa. Os pedidos foram apresentados durante encontro entre o diretor-presidente da CGT Eletrosul, Antônio Carlos Nascimento Krieger, e uma comitiva de Candiota, na semana passada.

Durante a reunião, que aconteceu na sede da empresa, em Florianópolis, o grupo liderado pelo prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, e composta por vereadores e representantes dos moradores dos residenciais, foi entregue um documento ao diretor pedindo a suspensão do leilão e que a empresa realize a doação dos imóveis para que a Prefeitura possa negociar diretamente com os moradores.

Conforme informações da empresa, a equipe, composta por profissionais de diversas áreas, incluindo os departamentos Jurídico, de Gestão Fundiária e de Conformidade, o tema está sendo estudado e o assunto poderá ainda ser apreciado por outras instâncias da empresa. “A CGT Eletrosul se comprometeu a reavaliar o cronograma do trâmite do leilão. Salientamos que a Companhia segue empenhada na solução dessa questão e mantém diálogo aberto com a comunidade e o poder público local. Ainda não há prazo definido para a conclusão das análises referentes ao tema”, frisou nota enviada ao JM.

Galeria de Imagens
Leia também em Região
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br