MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Bagé avança na implantação da gestão plena na saúde

Em 31/05/2022 às 20:33h

por Redação JM

Bagé avança na implantação da gestão plena na saúde | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Gestão Plena de Saúde em Bagé foi aceita por unanimidade / Divulgação

O governo municipal de Bagé, através da Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, trabalha para viabilizar a gestão plena na saúde, que foi aceita, na segunda-feira, 30 de maio, por unanimidade, durante encontro com secretários dos municípios integrantes da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (7ª CRS), em reunião com a Comissão Intergestora Regional (CIR).

Bagé é responsável pela atenção básica em saúde do município, ou seja, atua nas frentes primárias de trabalho através das Unidades Básicas de Saúde (UBS), incluindo ainda agentes comunitários de saúde e os Programas da Estratégia da Família (ESF). O governo oferece atendimentos especializados de alta complexidade, que não seriam de competência do município, como exames, cirurgias, todo tratamento fora de domicílio, entre outros atendimentos prestados que não são de atenção básica, e sim de média e alta complexidade.

Com a gestão plena, a Prefeitura de Bagé se compromete a prestar todos esses serviços em sua rede. Para isso, os repasses financeiros vão todos para um fundo único municipal. Na prática, o município recebe do governo estadual e federal, diretamente no Fundo Municipal de Saúde, todo o recurso que é pago aos filantrópicos, privados e os próprios, e faz a gestão desse recurso fiscalizado pelo Conselho Municipal de Saúde.

Para o secretário de Saúde de Bagé, Michelon Apoitia, a mudança de atenção básica para saúde plena trará um maior poder de fiscalização do município para com os serviços prestados. Uma vez detentor dos recursos, o governo se desdobrará ainda mais nos atendimentos à população e poderá acompanhar de perto a aplicação dos recursos. “Com a saúde plena, vamos trazer um SUS de melhor qualidade para a população do município de Bagé que é o que nos interessa. Seremos o órgão fiscalizador das entidades dentro de Bagé e se não for prestado um serviço de qualidade para o povo, nós não iremos pagar”, salienta.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br