MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Pró-Carvão integra lista de projetos estratégicos da Lei de Diretrizes Orçamentárias

Em 25/05/2022 às 07:30h

por Redação JM

Pró-Carvão integra lista de projetos estratégicos da Lei de Diretrizes Orçamentárias | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Projeto de Transição Energética de Candiota está entre as prioridades do Estado / Foto: Yuri Cougo Dias

A Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa iniciou, na semana passada, a análise da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício econômico-financeiro de 2023. O projeto apresentado pelo governo do Estado classifica como estratégico, para acompanhamento no próximo ano, o Projeto de Transição Energética de Candiota, inserido dentro do Programa de Incentivo ao Uso Sustentável do Carvão Mineral (Pró-Carvão). Detalhes da iniciativa podem ser apresentados em audiência pública do colegiado.

O projeto foi protocolado dia 16. Emendas parlamentares e populares podem ser apresentadas até o dia 7 de junho. A partir do dia 8, o relator, deputado Mateus Wesp, do PSDB, recebe as emendas para parecer. A data limite para entrega do parecer pelo relator é dia 24 de junho. A votação do parecer pela Comissão de Finanças poderá ocorrer nos dias 30 de junho ou 7 de julho. A previsão de votação em plenário poderá ser nos dias 5 ou 12 de julho. O dia 15 de julho é a data limite para o envio da LDO 2023 para sanção do governador.

A LDO, de acordo com o governador Ranolfo Vieira Júnior, reflete a continuidade do acordo de contingenciamento de gastos dos poderes de Estado. No ato de entrega da proposta ao parlamento, ele explicou que o projeto foi construído com base na adesão do Rio Grande do Sul ao Regime de Recuperação Fiscal. O debate sobre a criação de um programa de transição energética não é novo, ganhando espaço no contexto da Frente Parlamentar da Mineração e do Polo Carboquímico na Região da Campanha.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br