MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Adriana Lara assume presidência do PL

Em 21/05/2022 às 08:19h

por Redação JM

Adriana Lara assume presidência do PL | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Nalério, vice-presidente, e Adriana, presidente do PL, durante entrevista / Foto: Rochele Barbosa/ Especial JM

O diretório bajeense do Partido Liberal (PL) tem novo comando. Sob a presidência de Adriana Lara, a legenda passa por um processo de reformulação local que abrange as representações da sigla em cidades da região. Um ato oficial ainda deve ser realizado para formalizar a nova composição da Executivo. O pleito de outubro, entretanto, já está entre os desafios da nova presidente.

Adriana destaca que o PL defende bandeiras conservadoras. “Somos a favor da vida, não do aborto. Somos a favor da prevenção às drogas, não da liberação. Somos contra a ideologia de gênero nas escolas, mas a favor ao respeito a todos os cidadãos, às diferenças. Temos valores bem definidos”, pontua.

O vice-presidente da sigla, Marcelo Nalério explica que o ingresso do presidente da República, Jair Bolsonaro, iniciou um processo que define como reconstrução, com o PL, até então identificado como partido de centro, assumindo uma posição de direita e conservador. “O partido vive essa mudança interna, assumindo essa agenda com o presidente”, reforça.

Conjuntura eleitoral

O cenário e organização do PL, em Bagé, envolve o debate eleitoral. A nova presidente do partido menciona a pré-candidatura de Onyx Lorenzoni como prioritária. A relação do parlamentar com a região envolve, também, Luís Augusto Lara, que atua na coordenação de sua pré-campanha ao Palácio Piratini.

Adriana menciona a atuação de Onyx em projetos classificados por ela como estratégicos para Bagé, mencionando as três escolas cívico-militares do município e o processo de renovação da frota do transporte escolar, viabilizado por articulação do então ministro, quando a nova presidente do PL atuava como secretária municipal da Educação.

Onyx integra a lista de parlamentares que migraram para o PL, seguindo a movimentação de Bolsonaro. Entre os deputados estão Bibo Nunes, Marcelo Moraes, Sanderson e Marlon Santos, nomes que, de acordo com Adriana Lara, terão apoio de lideranças locais. “É justo que cada um possa colher aquilo que plantou. Isso enriquece a democracia. É uma questão de justiça”, avalia.

O pleito também tem peso particular para Adriana Lara, que é pré-candidata a deputada estadual. A ex-secretária municipal da Educação, que já disputou o cargo, concorreu à prefeita e comandou o Legislativo bajeense, qualifica a disputa como um dos maiores desafios de sua trajetória política, por representar ‘a retomada de uma cadeira da região dentro da Assembleia Legislativa’, em eferência aos sete mandatos exercidos por Lara.

Adriana não refuta a identificação com o PTB, destacando as relações com lideranças do partido, a exemplo do irmão, prefeito de Bagé, Divaldo Lara, e do filho, presidente da Câmara, Augusto Lara. “Essa configuração não nos divide, mas nos une. Integrei o PTB por muitos anos. A identificação existe. Caso o partido não supere a cláusula de barreira, pode ser extinto. E, neste caso, estaremos no PL, abrindo caminhos”, diz.

União regional

A perspectiva de organização do PL nos municípios da Campanha gaúcha dentro das premissas identificadas com a direita, defendida por Adriana e Nalério, comporta, porém, uma forma de cooperação, pautada pela união entre lideranças. “Na política nova, buscamos convergir e compor, unir forças para poder avançar. As pessoas são bem vindas a compor conosco, desde que repeitem os valores que defendemos, pátria, família, liberdade, e a nossa fé em Deus, que nos torna pessoas fortes”, salienta.

Dentro da agenda regional, Adriana reforça a defesa de projetos que já mobilizam prefeitos e vereadores, a exemplo da mineração de fosfato em Lavras do Sul e de novas usinas termelétricas a carvão em Candiota. “Quando nossa região começa a se movimentar politicamente para unir forças, todos ganhamos. A região ganha. O que nos interessa é ter propósito do desenvolvimento da nossa região e que não sejam radicais”, avalia.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br