MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Empreendedor

Jorge Kaé Filho inova com cirurgia bariátrica e metabólica

Em 11/01/2022 às 15:40h
Yuri Cougo Dias

por Yuri Cougo Dias

Jorge Kaé Filho inova com cirurgia bariátrica e metabólica | Empreendedor | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Médico realizou especialização no Rio de Janeiro - Foto: Yuri Cougo Dias

Para sanar um problema que tem sido cada vez mais crítico a nível mundial, o doutor Jorge Kaé Filho, tradicional na dedicação como cirurgião geral e do aparelho digestivo, amplia o leque na Rainha da Fronteira. Fruto de uma pós-graduação pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, Kaé passa a oferecer cirurgia bariátrica e metabólica, com um método de trabalho focado numa análise mais ampla possível da vida do paciente. Assim surgiu o Centro de Obesidade Gastro de Bagé.

Ao perceber a incidência de casos de pacientes obesos, Kaé detectou a necessidade de realizar uma especialização, de modo que dispusesse dos conhecimentos mais atualizados possíveis para realização dos procedimentos. Entre 1,4 mil candidatos, foi aprovado, mediante análise de currículo e prova oral. “Percebo que, cada vez mais, as pessoas estão se alimentando errado. Mas também há problemas de patologia. Antes da pandemia, foi disponibilizado um dado de que 28% da população mundial já é obesa. Após a pandemia, deve aumentar muito. E a obesidade não pode ser vista como um estilo de vida, mas sim uma doença inflamatória. Não é questão de gostar e aceitar o corpo. Inclusive, 80% dos obesos não chegam aos 70 anos”, argumenta.

Em relação às diferenças, Kaé explica que a cirurgia bariátrica é direcionada para pacientes que são obesos por caráter hereditário ou doença. No caso da cirurgia metabólica, o foco é para pacientes que têm doenças do pâncreas e, a partir do procedimento, muda a absorção metabólica do organismo. “A cirurgia veio para auxiliar, só que não é um processo simples, que se faz e vai embora, como uma apêndice. Requer muito estudo, tratando o paciente num contexto geral, e não apenas na parte técnica”, salienta.

Kaé informa que para o paciente ser submetido à cirurgia, precisa, antes, de avaliações de psicólogo, nutricionista, endocrinologista e cardiologista. “Depois dessas avaliações que vou chegar a conclusão se o paciente está apto a fazer a cirurgia. É algo que vai mudar seu estilo de vida, o organismo, até o modo de sentar ficará diferente”, observa o médico.

Outro fator que é motivo de preocupação de Kaé é a obesidade com jovens. Inclusive, este foi o tema do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da pós-graduação, sobre o aumento de casos em adolescentes, entre 13 e 19 anos.

O Centro de Obesidade Gastro de Bagé fica em anexo ao consultório, na rua Gomes Carneiro, 1350. Interessados podem entrar em contato pelo telefone (53) 3242 9290 ou pelo WhatsApp (53) 999 617 552.

Galeria de Imagens
Leia também em Empreendedor
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br