MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Câmara de Bagé aprova projetos estratégicos em extraordinárias

Em 21/12/2021 às 08:06h

por Redação JM

Câmara de Bagé aprova projetos estratégicos em extraordinárias | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Vereadores aprovaram abertura de crédito de R$ 18,3 milhões para barragem da Arvorezinha / Foto: Audrin Quadros

O Legislativo bajeense aprovou projetos de lei estratégicos para o governo municipal em sessões extraordinárias realizadas na segunda-feira, 20. O destaque fica por conta da abertura de crédito de R$ 18.350.371,12 para adequação orçamentária referente às obras e aquisições remanescentes da barragem da Arvorezinha, que segue para sanção do prefeito Divaldo Lara, do PTB. Durante a votação, o vereador Flavius Dajulia, do PT, destacou que havia recebido informações solicitadas ao Executivo.

Os vereadores aprovaram o projeto que dispõe sobre as condutas infracionais ao meio ambiente e suas respectivas sanções administrativas e a lei que autoriza o Executivo a alienar títulos de dívida agrária e a criação da Escola Municipal de Administração Pública da Prefeitura Municipal de Bagé.

A criação do Regime de Trabalho dos Agentes de Fiscalização de Trânsito, o texto que autoriza o Executivo a realizar a despesa que transcende o atual mandato para a implantação do novo projeto de iluminação pública e a proposta que dispõe de incentivo ao primeiro emprego, baseada em anteprojeto da vereadora Claudia Messias, do PTB, também foram aprovadas. 

Para Claudia, a nova legislação deve mudar a vida de jovens que precisam de emprego. A lei aprovada prevê a concessão de um selo para identificar as empresas amigas do programa. Se a proposição for aprovada sem mudanças, o período de adesão será de 12 meses, que poderá ser prorrogado. O município concederá uma remissão no valor de R$ 100 por emprego à empresa que aderir ao programa. 

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br