MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Hamm propõe programa de transição energética para regiões carboníferas do Sul do país

Em 18/12/2021 às 07:45h

por Redação JM

Hamm propõe programa de transição energética para regiões carboníferas do Sul do país | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Graciano Aristimunha, Folador, Hamm e Zancan, durante reunião em Brasília / Foto: Divulgação

O vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral no Congresso Nacional, deputado federal Afonso Hamm, do Progressistas, apresentou, nesta semana, uma emenda à Medida Provisória 1078, visando criar o Programa de Transição Energética Justa para as regiões carboníferas de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. 

A Medida Provisória trata sobre as medidas destinadas ao enfrentamento dos impactos financeiros no setor elétrico decorrentes da situação de escassez hídrica. Hamm argumenta que as térmicas a carvão mineral têm condições de minimizar a crise hídrica preservar a economia, os empregos gerados nas regiões carboníferas e também a redução dos custos de energia para o consumidor final. 

O desenvolvimento da região carbonífera motivou nova reunião, na quarta-feira, 15, no gabinete do deputado, em Brasília, com o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan, o prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, do MDB, e o secretário geral de governo do município, Graciano Pereira, para tratar de alternativas ao setor do carvão mineral e o pólo carboquímico. 

O parlamentar explica que o programa tem um marco regulatório para viabilizar a nova indústria do carvão com abatimento das emissões de CO².  Além disso, prevê incentivos para pesquisa e desenvolvimento, contratação das usinas de energias até 2050 para que possa trazer as tecnologias para captura seguindo as determinações do programa nacional de carvão sustentável, lançado na portaria 540. O Programa de Transição Energética Justa tem o propósito de alinhar as metas de neutralidade de emissão de carbono aos impactos econômicos e sociais e à valorização dos recursos energéticos e minerais.

Folador destacou que essa emenda é de suma importância e garante o aproveitamento das reservas de carvão mineral, muito especial no município de Candiota, que detém a maior reserva do minério. “A nossa região precisa dessa alternativa para seguir se desenvolvendo, gerando emprego, renda e segurança energética”, detalha.

Zancan reforça que essa proposta permite olhar para futuro e avançar com a indústria carvão mineral como modelo de baixo carvão. Também destaca que é um projeto importante, sendo o primeiro com esse conteúdo de suma relevância para indústria carbonífera voltada a transição energética.
 

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br