MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Esportes

Guarany é goleado pelo União Frederiquense e fica com o vice da Divisão de Acesso

Em 28/11/2021 às 17:22h
Yuri Cougo Dias

por Yuri Cougo Dias

Guarany é goleado pelo União Frederiquense e fica com o vice da Divisão de Acesso | Esportes | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Alvirrubro tomou quatro gols na primeira etapa - Thiago Henrique/União Frederiquense

Pelo fato de disputar o título na casa do adversário, os alvirrubros já sabiam que a missão era difícil. Entretanto, ninguém esperava que a derrota fosse tão pesada. Pela final da Divisão de Acesso, na tarde deste domingo (28), em Frederico Westphalen, o Guarany foi goleado por 5 a 0, para o União Frederiquense. Com isso, ficou com o vice-campeonato do Acesso.

Agora, ambas as equipes se encontrarão, novamente, pelo Gauchão de 2022. E nesse quesito, fica um sinal de alerta de que, por mais gloriosa que tenha sido a temporada, é preciso melhorar muito para a próxima temporada, visto a significativa mudança de nível técnico entre as divisões.

Apagão entre os 15 e 22 minutos

Com um time e ataque envolvente, o União Frederiquense mostrou para que veio desde o começo da partida. Por sua vez, o Guarany sentiu consideravelmente a falta de Wallan Luan, que saiu lesionado no jogo de ida, em Bagé. O placar foi aberto logo aos 15 minutos. Joãozinho fez bela jogada pela diagonal, na direita, e tocou para Marquinhos, que acertou um chutaço. O goleiro Rafael Copetti fez grande defesa, mas Eliomar aproveitou o rebote e colocou os donos da casa na frente: 1 a 0.

Já aos 20 minutos, o placar foi ampliado. Tony Júnior avançou rápido pela esquerda, cortou para dentro e acertou um chutaço no ângulo, sem chances para Copetti: 2 a 0. O Guarany nem se recompôs direito e já estava tomando o terceiro. Aos 22 minutos, Joãozinho aproveitou passe errado no meio e avançou sozinho pela direita e chutou rasteiro no canto, na saída de Copetti: 3 a 0 União Frederiquense.

Imediatamente, Badico fez duas substituições. Sem nada mais a perder, botou todo o time para frente e assumiu os riscos de tomar contragolpes no adversário. Nessas mudanças, sacou o zagueiro Raul e deslocou David para defesa. No seu lugar, colocou Café. E a outra mudança envolveu a saída do volante Marquinhos para ingresso de Márcio Telê.

Assim, Badico formatou um 4-2-4, com Murilo e Maurício pelo meio, Jorginho e Café nas extremas e Welder e Telê, como centroavantes, por dentro. Na defesa, a linha formada por Raphinha, David, Diego Rocha e Roger Bastos. A mudança até resultou em chances alvirrubras, ambas pela bola parada. Aos 34 minutos, Raphinha cobrou falta, na entrada da área, mas Luís Cetin fez bela defesa. Porém, quando queria tentar reagir, tomou o quarto gol.

Aos 40 minutos, Tony Júnior recebeu de costas para a zaga, girou e acertou o ângulo alvirrubro: 4 a 0 União Frederiquense. Ainda no primeiro tempo, aos 42, Maurício levou perigo, também na bola para o Guarany. Contudo, Cetin estava atento e interceptou.

Desolação na segunda etapa

Ainda que fosse muito difícil, os torcedores alvirrubros esperavam alguma reação na segunda etapa. Mas o que aconteceu, de fato, foi a continuação do filme de terror que o Guarany vivia em Frederico Westphalen.

Aos oito minutos do segundo tempo, Rômulo roubou bola, tocou para Gabriel, que fez o pivô e deixou Tony Júnior na cara do gol. O atacante do União deu de chapa e marcou seu terceiro na partida: 5 a 0.

E quando o momento não é bom, até as boas jogadas acabam dando errado. Aos 17 minutos, Roger Bastos fez a infiltração na área, pela esquerda, e acabou sendo desarmado. O centroavante Márcio Telê aproveitou a sobra e acertou um chutaço, porém, explodindo no travessão.

O comportamento dos jogadores, em campo, era de abatimento. Indignado com a situação, Telê, que tinha entrado ainda no primeiro tempo, cobrava fortemente dos companheiros, por mais entrega. Percebendo que o placar erra irreversível, Badico recompôs as linhas e segurou os laterais. Para isso, colocou Diego Torres e Robert, a fim de preencher o meio, e Andrei no lugar de Café, que teve a infelicidade de se lesionar na segunda etapa.

 

FICHA TÉCNICA

UNIÃO FREDERIQUENSE 5X0 GUARANY

Divisão de Acesso – Final (volta)

28 de novembro de 2021 – Arena Frederiquense

 

UNIÃO FREDERIQUENSE – Luís Cetin, Lessa, Talis (Alexandre), Geninho e Rômulo; Igor Silva (Téo), Marquinhos (Irapuan), Joãozinho (Everton Sena), Eliomar e Tony Júnior; Gabriel (Leandro Love). Técnico: Daniel Franco.

GUARANY - Rafael Copetti, Raphinha (Robert), Raul (Márcio Telê), Diego Rocha e Roger Bastos; David, Murilo, Marquinhos Schmidt (Café, depois, Andrei), Jorginho (Diego Torres) e Maurício; Welder. Técnico: Badico.

ARBITRAGEM – Anderson Farias, auxiliado por Maurício Penna e Claitom Timm. Rodrigo Brand (4º árbitro).

GOLS – Eliomar, Tony Júnior (três vezes), Joãozinho (União Frederiquense)

AMARELOS – Téo, Tony Júnior, Geninho, Lessa, Joãozinho (União Frederiquense); Murilo, Roger Bastos (Guarany)

Galeria de Imagens
Leia também em Esportes
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br