MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

R22 volta a receber Aviso depois de quase quatro meses

Em 25/11/2021 às 08:22h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

R22 volta a receber Aviso depois de quase quatro meses | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Divulgação

O Gabinete de Crise do Governo do Estado emitiu, quarta-feira, dia 24, Avisos para as regiões de Bagé e Taquara. A medida é o primeiro passo do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul. Conforme os técnicos do GT Saúde, o principal motivo para a emissão de alertas foi a baixa vacinação em ambas as regiões.

A região Covid de Bagé (R22) é a segunda com menor proporção de vacinados com esquema completo entre as 21 regiões – somente 59,1%. A região também apresenta a maior parcela da população com esquema vacinal incompleto, de 20,6%, indicando estabilização precoce da vacinação completa. Desde a segunda quinzena de outubro, o percentual de vacinados completos na região de Bagé avançou somente 3,6 pontos percentuais, de 55,5% para 59,1%. Em todo o Estado, no mesmo período, avançou-se 9,7 pontos percentuais, de 57,6% para 67,3% de vacinados completos.

Vale lembrar que o último Aviso recebido pela região de Bagé (que abrange os municípios de Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul) foi em 4 de agosto deste ano. Já Alerta, a região recebeu, pela última vez, em 7 de julho. E a última etapa do modelo de controle, Ação, foi realizada em junho, com análise e orientação do Gabinete de Crise.

De acordo com os boletins atualizados, emitidos pelo Governo do Estado, até momento 19.027 casos foram confirmados na região - 131 deles somente nesta semana - com registro de 446 óbitos e taxa de mortalidade, chegando a 236,8 para cada 100 mil habitantes.

Um dos índices que contribuiu com o Aviso emitido foi a incidência de hospitalizações. Nos últimos sete dias, 16 internações ocorreram, elevando a média móvel de variação semanal para 700%, número muito superior ao registrado no estado, de 25,6%. Os hospitais da R22 registram ocupação de 48,6% dos leitos de UTI, no momento.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br