MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Márcia Rochinhas é a primeira mulher a assumir a presidência da subseção Bagé da OAB

Em 25/11/2021 às 09:35h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

Márcia Rochinhas é a primeira mulher a assumir a presidência da subseção Bagé da OAB | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Advogada faz parte da Ordem desde 2004 | Foto: Divulgação

Após quase 90 anos de instalação da subseção de Bagé da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), uma mulher assumirá a presidência da entidade. Na noite de segunda-feira, a advogada Márcia Rochinhas, de 43 anos, foi eleita para representar a categoria na cidade, junto à diretoria que permanece à frente da gestão no triênio 2022/2024.

Márcia ingressou na OAB em 2004, assim que começou a carreira profissional. Desde então, atuou em muitas comissões, tendo sido conselheira em duas gestões anteriores, 2009/2014; no triênio 2015/2018 foi secretária-geral adjunta; e na gestão de 2019/2021 foi vice-presidente.

Indicada pelos próprios colegas para encabeçar a chapa única, ela celebra o reconhecimento: “É uma honra para mim, entre tantas mulheres que estão atualmente na OAB ou já estiveram trabalhando pela Ordem, ter chegado à Presidência. Muitas, com certeza, tinham competência para tanto, mas acredito que tudo acontece no momento exato. Quem sabe, em 2022, seja o momento de termos um olhar feminino na Ordem, ainda mais em um momento pós-pandemia, quando precisaremos de ainda mais união, diálogo e cooperação”, conta.

Na nova gestão, a presidente garante que a subseção deve manter todos os serviços que hoje são oferecidos à advocacia, ampliando ainda mais a atuação das comissões e participação junto à sociedade. Um dos desafios apontados por ela é o momento delicado que a categoria enfrenta, após os prejuízos ocasionados pela pandemia. “Ainda mais quando ainda não temos a reabertura total do poder judiciário, prejudicando o exercício da profissão. Então ouvir os anseios da classe, suas dificuldades, angústias e necessidades será nossa prioridade inicial, com realizações de reuniões para debater os passos que serão dados imediatamente”, destaca.

Para Márcia, os próximos passos para garantir que a advocacia seja exercida de forma plena  na região é manter um diálogo com o judiciário, a fim de convencer sobre a importância de retomar as audiências presenciais e a celeridade nas decisões. “Nossa crítica é construtiva, queremos o diálogo, atuar em conjunto para corrigir as deficiências. Precisamos de empatia com a advocacia”, aponta.

Além de Márcia, a diretoria eleita também conta com Carlos Alberto da Silva como vice-presidente; Lélia Lemos de Quadros como secretária-geral; Mireia Neto Bezerra como secretária-geral adjunta; e Luís Mariano Niederauer como tesoureiro.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br