MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Uma bajeense em Hogwarts

Em meio à celebração dos 20 anos do primeiro filme da saga Harry Potter, a bajeense Jéssica Borges de Carvalho relembra sua viagem ao mundo mágico de Harry Potter

Em 23/11/2021 às 12:43h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

Uma bajeense em Hogwarts | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Arquivo Pessoal

Nos primeiros anos do início do século XXI, poucas foram as pessoas que passaram ilesas ao fenômeno Harry Potter. Os filmes e livros enfeitiçaram a criançada - e, também, muitos adultos - com personagens carismáticos, histórias de amor, amizade e, claro, muita magia. E enquanto a grande maioria dos fãs da saga até hoje espera sua carta de Hogwarts, a psicóloga Jéssica Borges de Carvalho, 30 anos, não só recebeu o chamado do mundo da magia, como respondeu a ele.

Muitos fãs antigos devem lembrar quando sonharam em ser os ganhadores de uma campanha da Coca-Cola, lançada em 2002, aproveitando o sucesso do lançamento do filme no ano anterior. Na época, 10 crianças seriam sorteadas no Brasil para conhecer as locações das filmagens. E a ganhadora foi a jovem bajeense de 10 anos, então estudante da 5º série.

Jéssica relembra que, para participar, enviou dez envelopes contendo os rótulos do refrigerante e respondendo a pergunta “Qual refrigerante leva você para conhecer Hogwarts, na Inglaterra?”. Algum tempo depois, atendeu a campainha, em casa, e foi abordada por um funcionário do Correio, que, já ciente do conteúdo do telegrama que tinha em mãos para entrega, questionou: "Tu és a Jéssica? Tu ganhou uma viagem para Londres". Ela relembra: “Fiquei em estado de choque. Eu era criança, né. Então, para mim, aquilo foi, óbvio, maravilhoso, mas, inicialmente, assustador”.

A viagem foi comunicada com meses de antecedência, para que a família pudesse realizar os preparativos. Em agosto do mesmo ano, após meses de expectativa, a pequena, então com 10 anos, embarcou em Guarulhos rumo à Londres, em companhia da mãe, Carla Louzada Borges. Durante uma semana, mãe e filha passearam por locações do filme na Inglaterra, no Condado de Sussex, Greenwich e, claro, Londres.

Jéssica relembra que dois dias da viagem foram livres para que os ganhadores da promoção pudessem “turistar”. Nos demais dias, participaram das atividades do roteiro preparado pela equipe da Coca-Cola. Nessas visitas, ela conheceu o Salão Principal do castelo (“Aquele salão é interessante, porque não é daquele tamanho todo”); a enfermaria da escola, onde Harry é atendido após a batalha contra Voldemort/Prof. Quirrell; o campo nos jardins do castelo, onde o bruxinho desafia Draco Malfoy e faz seu primeiro voo na vassoura; a biblioteca, lugar preferido de Hermione no castelo. Inclusive, também foram apresentados alguns adereços utilizados na filmagem, além dos animais mais famosos da saga, como a coruja, Edwiges, o rato traidor, Perebas, e o cão gigante e medroso, Canino.

Ela relembra, também, que após conhecer as locações, também foram montadas algumas atividades, como gincanas - envolvendo um jogo de quadribol sem vassouras. “Nós (os vencedores da campanha de todas as partes do mundo) fomos selecionados em times, com o nome das casas de Hogwarts. Eu fui selecionada para a Sonserina, mas não conta para ninguém”, brinca ela.

Uma das atividades que mais encantaram os olhos e a imaginação da pequena foi um grande jantar de gala, realizado no Museu de História Natural de Londres, onde foram recepcionados por uma grande escultura de gelo do castelo de Hogwarts, com direito à exibição de um vídeo feito, especialmente para a ocasião, com as boas vindas dos atores que dão vida aos bruxinhos. “Foi uma imersão na realidade do filme e do livro. Foi a concretização de um sonho, a oportunidade de experenciar tudo aquilo que conhecia dos livros, aquilo que, para mim, era importante”

Passados quase 20 anos da viagem, ela comenta que sempre relembra da saga e de sua própria aventura com carinho. Mas confessa que o mundo mágico do menino que sobreviveu já não faz mais parte de sua rotina. “É uma memória afetiva muito importante, porque foram os livros que me despertaram o gosto pela leitura. Não é algo que eu me identifique como fã hoje, mas é parte da minha infância. Fazendo essa retrospectiva, vejo que foi muito importante para o meu desenvolvimento”, destaca Jéssica.

Celebração mundial

Para celebrar os vinte anos de lançamento do primeiro filme, Harry Potter e a Pedra Filosofal - que completa, hoje, 23, duas décadas da primeira sessão no Brasil - uma exibição em escala mundial aconteceu no último domingo, inclusive em Bagé, reunindo centenas de potterheads (como são chamados os fãs da saga do bruxinho) em uma revisita em 3D ao mundo mágico.

E mesmo com 24 anos de lançamento do primeiro livro e 20 anos do filme, o fenômeno nunca arrefeceu. Ao contrário, novos leitores são conquistados todos os anos - prova disso é a constante reimpressão dos livros com diferentes capas e modelos: versões para leitores mais maduros (em sua maioria, fãs da primeira geração), versões novas para a criançada, edições ilustradas, além de camisetas e acessórios temáticos, que nunca saem da moda geek.

O universo fantástico criado pela autora J. K Rowling, inclusive, se retroalimentou, abrindo espaço para a criação de uma nova saga - os filmes Animais Fantásticos e Onde Habitam, Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald e, em breve, Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore.

 

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br