MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Expofeira conta com tecnologia inédita na segurança do Parque

Em 14/10/2021 às 08:15h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

Expofeira conta com tecnologia inédita na segurança do Parque | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Registros ficam em um banco de dados criado para o evento Foto: Tiago Rolim de Moura

Nesta 109ª edição da Expofeira de Bagé, agropecuária e tecnologia mostram que são aliadas para o desenvolvimento regional. Além dos equipamentos e insumos agrícolas, necessários para o manejo e produção rural, a feira mais tradicional da metade Sul do Estado mostra que a tecnologia também se alia ao campo em questões de segurança. Neste ano, a Expofeira conta com um moderno sistema de reconhecimento de visitantes.

O empresário Alex Torres Alves, representante da empresa Observador, responsável pela segurança no Parque Visconde de Ribeiro Magalhães, explica que foram implantadas três novas tecnologias para garantir o controle de acesso ao complexo.

A primeira é tecnologia de reconhecimento facial. No momento de ingressar ao parque, todos os visitantes têm registro facial. Ou seja, é possível ter controle de quem está dentro do Parque e quem sai. Alves explica que, no momento, a tecnologia não está usando um banco de dados, já que este não existe. Contudo, permanece o registro de todos que participaram da feira e foram submetidos ao reconhecimento facial. “Estamos criando um banco de dados de quem está entrando, mas na Rural será utilizado apenas para ter registro de quem entrou no local, para facilitar a localização de pessoas no interior do Parque”, explica.

Além disso, quem entra pelo estacionamento também tem registro de entrada e saída. Isto porque uma câmera foi instalada, justamente, para realizar a leitura de placas dos veículos, para fins de registro. O condutor também é registrado pela câmera. Alves explica que o moderno sistema permite realizar a leitura das placas para fins de registro, já que as câmeras comuns não conseguem fazê-lo.

Já no sentido de segurança sanitária, outra novidade está sendo utilizada pela equipe da Observador: câmeras térmicas. O equipamento realiza a medição da temperatura corporal, o que facilita o tráfego de acesso ao parque, já que não é necessário realizar a medição individual dos visitantes. Contudo, Alves explica que quando a câmera aponta temperatura corporal mais alta que o normal, o visitante é submetido a uma nova verificação, desta vez com o termômetro.

Esta é a primeira vez que a tecnologia é utilizada em eventos na região. Contudo, a empresa Observador participou do projeto de segurança da 44ª edição da Expointer com os mesmos modelos de equipamentos. “Utilizamos o mesmo sistema da Expointer, porque tivemos apoio dos fabricantes e distribuidoras parceiras do projeto, que são a Hikvision e Intelbras, fabricantes da tecnologia, e Tecline e Feluc, distribuidores parceiros desse projeto”, destaca.

Atualmente, o Parque conta com 28 câmeras de monitoramento próprio e mais quatro instaladas pela empresa.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br