MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Campanha vai doar R$ 1 a cada pacote de arroz comprado em supermecados para a Liga Feminina de Combate ao Câncer

Cerealista Coradini e vários supermercados de Bagé se uniram, durante o Outubro Rosa, para ajudar a entidade

Em 14/10/2021 às 14:08h

por Redação JM

Campanha vai doar R$ 1 a cada pacote de arroz comprado em supermecados para a Liga Feminina de Combate ao Câncer | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Reprodução /JM

São os consumidores de arroz, a maioria da população, que vão contribuir, mas sem gastar nada além do que já está planejado no orçamento para as compras de supermercado. Nas lojas participantes da promoção, que estão identificadas com o cartaz, é só comprar cinco quilos do arroz Recanto e R$ 1,00 é doado automaticamente para a Liga.

A Liga Feminina de Combate ao Câncer tem 63 anos de fundação e ajuda pessoas carentes que estão em tratamento de câncer. A entidade entrega aos cadastrados uma cesta básica e os remédios necessários para o tratamento. São em média 250 pacientes assistidos mensalmente.

Os recursos para a compra dos remédios vêm dos eventos realizados durante o ano, como pedágio, jantares, feiras de doces, briques de roupas e a ajuda de alguns parceiros. Essa conta gira em torno de R$ 20 mil mensais. O trabalho todo é feito por mulheres voluntárias, como a Inêz Xavier de Bem, presidente da Liga. “A Cerealista Coradini, que agora lança a promoção da doação de um real na compra do arroz Recanto, é nossa parceira o ano inteiro”, conta.  A empresa fornece arroz para a entidade todos os meses, para que sejam montadas as cestas básicas distribuídas aos assistidos.

Já os alimentos as voluntárias recebem de doação de vários bajeenses solidários à causa. Quando falta para completar as cestas, as senhoras da Liga pedem nas portas dos supermercados. “Lembrando que só recebem os alimentos aqueles assistidos que estão fazendo quimioterapia ou radioterapia”, lembra Inêz.

Para o presidente da Cerealista Coradini, Valmor Coradini Junior, esta promoção é uma forma de engajar a comunidade em uma ação para o bem, sem fazer com que ela gaste mais para ajudar uma entidade tão importante como a Liga. “É o nosso jeito de ajudar quem precisa, especialmente aqueles que estão lutando contra uma doença tão agressiva que é o câncer”, observa o empresário.

Durante a pandemia, muitos pacientes pararam os tratamentos por medo do vírus. Mas, agora, estão voltando e a Liga percebe um aumento gradativo na demanda por ajuda. A promoção do arroz Recanto chega num momento bem sensível para o grupo de voluntárias.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br