MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Campo e Negócios

Criadores lançam Feira de Terneiro Búfalo da Fronteira Oeste

Em 09/10/2021 às 06:34h

por Redação JM

Criadores lançam Feira de Terneiro Búfalo da Fronteira Oeste | Campo e Negócios | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Primeiro leilão virtual da espécie no RS acontece este mês | Foto: Divulgação/Ascribu


Atividade tradicional na Fronteira Oeste do Estado, a criação de búfalos ganha agora um evento anual, cuja primeira edição será realizada no próximo dia 27, às 20h. Trata-se da Iª Feira do Terneiro Búfalo da Fronteira Oeste, com cerca de 300 animais inscritos por criadores para serem ofertados por meio de leilão virtual a cargo do Escritório Guará. A transmissão será pelo Lance Rural (www.lancerural.com.br), com apoio da Parceria Leilões e Fábio Crespo.

O plantel de animais é composto de machos e fêmeas das raças de búfalos presentes no Estado (murrah, mediterrâneo e jafarabadi). Da safra 2021, nascidos entre janeiro e abril, basicamente, os terneiros têm peso estimado de 180 a 200 quilos. A precocidade, a produtividade e a longevidade são qualidades dos bubalinos que beneficiam os produtores da espécie.

O leilão tem apoio da Ascribu (Associação Sulina de Criadores de Búfalos), presidida desde o início de setembro pela primeira mulher eleita para o cargo, a criadora e médica veterinária Desireé Möller. A dirigente quer unir e fortalecer os criadores já existentes e atrair novos à atividade. Outra representante do gênero feminino, também pioneira no seu ofício, é peça-chave do leilão. Trata-se de Patrícia Cáceres, a primeira leiloeira rural do país, que retoma sua carreira no comando do martelo no dia 27. Ela é filha do fundador do Escritório Guará, Pedro Paulo Gonçalves, figura referencial como leiloeiro e pecuarista na Fronteira Oeste entre o início da década de 1960 e 2020, quando faleceu.

A bubalinocultura vive um momento de crescimento no país, tanto na carne - com menos colesterol, menos caloria, menos gordura e mais proteínas e nutrientes - como, especialmente, no leite - naturalmente isento da proteína betacaseína A1, potencial causadora de indigestibilidade e problemas gástricos. Os laticínios que processam leite de búfala em diferentes estados não estão conseguindo dar conta da demanda, de acordo com o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Búfalo (ABCB), Caio Vinícius Di Helena Rossato, médico veterinário e sócio-proprietário do laticínio Família Rossato, em Pilar do Sul (SP).

Galeria de Imagens
Leia também em Campo e Negócios
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br