MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Prefeitura de Bagé decreta situação de emergência em decorrência das chuvas

Defesa Civil recebeu mais de 15 chamados, entre alagamentos, destelhamentos e até desabamento de estruturas

Em 14/09/2021 às 13:38h

por Redação JM

Prefeitura de Bagé decreta situação de emergência em decorrência das chuvas | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Audrin Quadros/Especial JM

Após reunião de avaliação dos danos causados pelas chuvas, realizada nesta terça-feira, dia 14, o prefeito em exercício de Bagé, Mário Mena Kalil, decretou situação de emergência, além de encaminhar ao Estado o mesmo pedido.

De acordo com dados do Departamento de Água, Arroios e Esgotos de Bagé (Daeb), durante a segunda-feira (13), foram registrados 54,2 mm, somando um acumulado de 153,1 mm no mês de setembro.

“As precipitações foram muito superiores à capacidade de drenagem e, com isso, alguns transtornos aconteceram. Estamos decretando calamidade pública municipal e fazendo o pedido para que o estado avalie a mesma possibilidade. Estamos tomando todas as medidas necessárias, porém precisamos de um tempo para que as águas baixem e que as ruas deem acesso aos equipamentos para que a situação possa ser revertida”, informou Kalil.

Na reunião que definiu o decreto, também estiveram presentes os secretários de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso, Graziane Lara; de Desenvolvimento Rural, João Pedro Finger; de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Everton Kaupe; e o representante da Defesa Civil, Roberto Aiub, os quais disponibilizaram as estruturas correspondentes para atender as demandas da comunidade. Desde ontem, as equipes visitam residências atingidas e avaliam os estragos na zona urbana e rural.

O titular da Smasi, Graziane Lara, disponibilizou a estrutura do Albergue Municipal e lembrou que o ginásio Militão estará à disposição para receber desabrigados, se necessário.

Na área rural, de acordo com o secretário João Pedro Finger, diversas estradas foram afetadas, entre elas a da Serrilhada,da Igrejinha, da Arvorezinha, de Palmas e de Joca Tavares. “Estamos realizando o levantamento das áreas mais críticas e já começamos as intervenções. Pedimos a paciência de todos os atingidos que vamos chegar em todos os locais, dentro das possibilidades que o tempo nos permitir”, explicou.

De acordo com o titular da Seinfra, Everton Kaupe, o planejamento da Secretaria já está pronto para, nas próximas semanas, intensificar os reparos. “Prioridade será a recuperação das ruas mais atingidas com as chuvas. Temos uma área extensa a atender, mas assim que firmar o tempo seguiremos trabalhando”, garantiu.

A Defesa Civil recebeu mais de 15 chamados, entre alagamentos, destelhamentos e até desabamento de estrutura. “Não deixamos de atender nenhum caso. Estamos disponibilizando lonas e fazendo o melhor possível para atender a todos”, reforçou Roberto Aiub, voluntário do órgão.

 

Telefones de contato

Quem precisar de auxílio pode entrar em contato com os seguintes telefones

 

Seinfra e Daeb

As emergências serão atendidas pelos telefones 3240 78 00, 115 e 08005102219

 

Defesa Civil

999954824

 

SDR

3241 0324

 

SMASI

3241 6005

Após as 14h: 999738001

 

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br