MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Campo e Negócios

Publicada tabela de preços para exames e produtos agropecuários excedentes de pesquisa

São produtos como grãos, frutos, madeira, animais, entre outros, que podem ser comercializados

Em 27/07/2021 às 06:22h

por Redação JM

Publicada tabela de preços para exames e produtos agropecuários excedentes de pesquisa | Campo e Negócios | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Reprodução /JM

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) publicou, por meio da Instrução Normativa 37/2021, tabelas de preços públicos para os serviços oferecidos por seus laboratórios e centros de pesquisas, além da venda dos excedentes resultantes das atividades do Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária (DDPA).

O DDPA oferta serviços laboratoriais nas áreas de sanidade animal, fixação biológica de nitrogênio, análise de solos, fertilizantes e sementes. De acordo com o diretor do departamento, Caio Efrom, os valores para cada determinação, análise ou laudo foram estabelecidos considerando o custo de insumos necessários para a realização, a complexidade do serviço e os preços em vigência praticados por laboratórios oficiais. "É importante ressaltar que estes serviços dos laboratórios do DDPA são, sua maioria, serviços oficiais, dando apoio à fiscalização e aos programas da Secretaria. Em alguns casos, não há outro laboratório no Estado executando a mesma atividade", destaca. 

O diretor também pontua que a Instrução Normativa vem para atender a um antigo e importante pleito da ovinocultura gaúcha. "Houve alteração do valor dos exames de epididimite ovina, ficando o valor de R$ 16 por amostra proveniente do Rio Grande do Sul, isentando o reteste de positivos e a renovação da certificação das propriedades livres", detalha.    

Pesquisas no meio agropecuário geram excedentes, chamados "resíduos de pesquisa". São produtos como grãos, frutos, madeira, animais, entre outros, que podem ser comercializados, sempre atentando para que estejam dentro dos parâmetros de qualidade, sanidade e segurança alimentar. "Os valores destes produtos são baseados, principalmente, nos preços levantados no Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, sendo este a fonte de valor de referência, já que traz médias de todo o nosso estado", explica Caio.

Para os produtos que não constam no Informativo Conjuntural, é realizado um levantamento pela Divisão de Produção e Validação de Tecnologias (DPVT) junto às associações, sindicatos e instituições de pesquisa. "Também, quando necessário, fazemos cotações junto à iniciativa privada, visando ajustar os valores para comercialização, sempre respeitando a regionalização dos produtos", complementa.

Entre os produtos disponíveis para aquisição nos centros de pesquisa do DDPA, estão: sementes de feijão (Maquiné), sementes de soja convencional (Júlio de Castilhos), sementes de espécies florestais nativas e exóticas (Santa Maria), frutas de clima temperado (Veranópolis) e vinhos Carbenet Sauvignon ou Isabel (Caxias do Sul), entre outros. Mais informações na página www.agricultura.rs.gov.br/produtos-ddpa. 

Galeria de Imagens
Leia também em Campo e Negócios
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br