MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Presidente do Ipê anuncia retorno do serviço presencial em Bagé e credenciamento da Oncologia

Em 10/06/2021 às 09:15h
Jaqueline Muza

por Jaqueline Muza

Presidente do Ipê anuncia retorno do serviço presencial em Bagé e credenciamento da Oncologia | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
"Estamos formalizando a parceria com o município", disse Ruivo | Foto: Tiago Rolim de Moura

O diretor-presidente do Instituto de Previdência do Estado, Júlio César Viero Ruivo, cumpriu agenda em Bagé, nesta quarta-feira, dia 9, para a assinatura do convênio de credenciamento do serviço de Oncologia da Santa Casa de Caridade de Bagé.  Além disso,  anunciou a retomada do serviço presencial do Instituto, no município, que há vários anos não está em funcionamento.   

Ruivo, inicialmente, foi recebido na Prefeitura pelo vice-prefeito, Mário Mena, para uma visita institucional. Logo após, esteve no prédio da Unidade de Oncologia e Alta Complexidade (Unacon), onde oficializou o credenciamento do serviço e participou de uma coletiva de imprensa.

Segundo o diretor, o credenciamento com a Santa Casa irá disponibilizar em torno de R$ 9,6 milhões ao ano, podendo variar, dependendo da demanda. Ele salienta que esse valor fará uma diferença na prestação do serviço, visto que irá dar um salto de qualidade no atendimento e, possivelmente, financiar outros tantos serviços de outras especialidades que deverão vir por consequência do acordo. “Essa parceria fortalece o atendimento porque ajuda a desafogar o Sistema Único de Saúde. Mas o grande objetivo é atender bem nossos pacientes e  regiões que estavam descobertas”, informa.

Conforme o provedor da Santa Casa, Carlos Eduardo Santos, a instituição assumiu o serviço de Oncologia há poucos dias. Era um serviço terceirizado e a ideia é continuar com o mesmo tipo de atendimento que vinha sendo prestado nos últimos 10 anos. Segundo ele, a grande maioria dos pacientes oncológicos estão ligados ao Ipê e após a saída do grupo que prestava o atendimento, rapidamente a instituição fez contato com o Instituto para firmar o convênio. “Estamos efetivando o convênio. Certamente o valor irá auxiliar no saldo financeiro da instituição, que é bastante deficitário”, destaca.

De acordo com o diretor administrativo da Santa Casa de Caridade de Bagé, Raul Vallandro, o convênio para a prestação do serviço de Quimioterapia é importante tanto para a comunidade como para a Santa Casa. “O Ipê abrange milhares de servidores que, agora, poderão utilizar no serviço de quimioterapia da Santa Casa”, relata.

Vallandro destaca que, futuramente, outros convênios serão implementados. “Este é um dia marcante para a comunidade de Bagé”, considera.

Abertura de unidade

Além do convênio com a Santa Casa, o diretor confirmou a parceria com a prefeitura para a reabertura do atendimento presencial do IpeSaúde em Bagé. Ele explica que o Ipê entrou na era digital e as unidades estão sendo extintas. Mas, na prática, o diretor afirma que muitas pessoas ainda têm dificuldade de utilizar o serviço online. “Nesses casos teremos os facilitadores com apoio da Prefeitura. Estamos formalizando a parceria com o município, onde o Ipê dará a capacitação e a Prefeitura irá ceder dois funcionários para atenderem na unidade antiga”, ressalta .

Segundo o presidente, o Instituto está passando o patrimônio para o Estado e, nesse momento, surgiu um entrave burocrático em que o governo estadual precisa ceder o espaço para a Prefeitura. “Esperamos que as coisas se ajeitem de forma rápida. Cerca de 10 mil pessoas utilizam o Ipê em Bagé”, aponta.

Por enquanto, a tendência é de que o serviço seja realizado no mesmo local, mas, caso haja algum impedimento, pode ser transferido para outro espaço. O presidente adianta que, assim que os funcionários receberem a capacitação e os trâmites forem concluídos, já será possível retomar o serviço. Ruivo também informou que está credenciando dois profissionais em Bagé: um deles é um otorrino que virá de Cruz Alta prestar serviço.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br