MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Michelon propõe criação de local para manifestações de religiosidade da Umbanda e do Candomblé

Em 08/06/2021 às 07:28h

por Redação JM

Michelon propõe criação de local para manifestações de religiosidade da Umbanda e do Candomblé | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Projeto apresentado pelo líder do governo ainda será avaliado pela Câmara | Foto: Divulgação

O líder do governo no Legislativo bajeense, vereador Michelon Apoitia, do PTB, apresentou um projeto de lei que dispõe sobre a criação de um local denominado “Espaço Sagrado”, para a realização de manifestações de religiosidade do Candomblé e da Umbanda. A proposta será avaliada pelas comissões técnicas da Câmara.

Pela redação, o Executivo poderá escolher, por consenso, o projeto e a localização do terreno que será utilizado pelas instituições religiosas, preferencialmente junto à mata e com curso d’água (com cachoeira), respeitando os princípios ecológicos e de preservação ambiental. As entidades, porém, deverão ser cadastradas junto aos órgãos idealizadores do projeto, que estipularão um calendário das atividades e rituais a serem realizados.

A proposição reforça a garantia da liberdade de consciência e de crença, determinando que será assegurado, pelo poder público, o livre exercício de cultos religiosos de qualquer natureza, o que abrange a garantida a proteção aos locais de cultos e liturgias.

O projeto apresentado pelo petebista observa, ainda, que o “Espaço Sagrado” receberá tratamento igual aos demais valores culturais de nossa sociedade, estabelecendo que a coleta dos descartes será seletiva, e que os materiais não orgânicos utilizados nas oferendas, serão destinados para a reciclagem, enquanto os orgânicos poderão servir para adubação.

Na justificativa apresentada ao Legislativo, Michelon argumenta que 'as práticas religiosas, além das manifestações realizadas em suas sedes, utilizam também um espaço escolhido pelos mesmos para as oferendas'. “O pretendido, com o projeto, é destinar um local apropriado para tais práticas religiosas, assim como as demais religiões, sem agredir o meio ambiente, e sem haver insatisfação com seguidores de outras religiões”, pontua.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br