Esporte

segunda-feira, 20 de março de 2017 às 0:00

Guarany empata com Pelotas em jogo tenso

Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial
Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsõesVitor Azocar Jessé Krüger/Especial
Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial Partida no Estádio Boca do Lobo foi marcada por confusão e expulsões - Créditos: Vitor Azocar Jessé Krüger/Especial

O Guarany enfrentou o Pelotas, ontem à tarde, no Estádio Boca do Lobo. A partida terminou empatada em 2x2.

Em menos de um minuto de jogo, o time áureo-cerúleo abriu o placar, com gol do estreante Nicolas, em um chute forte da intermediária. O jogador tomou um cartão por subir na grade e comemorar com a torcida. O primeiro tempo foi calmo, mas em uma falta o volante Wellington do time da Rainha da Fronteira, aos 10 minutos, tomou um cartão amarelo. O Guarany substituiu Vareta por Brito.
No tempo complementar, Léo Jaques entrou no lugar de Guerra no time bajeense e o Pelotas substituiu Fábio Rosa por Ceará. Em um minuto, Charles do Pelotas leva um cartão amarelo por cometer falta em Alemão.
Aos 10 minutos o Lobão aumentou o placar com gol do Brasão. O centroavante cruzou e fez o primeiro gol dele pelo time do Pelotas, e também levou cartão amarelo quando tirou a camisa em comemoração. 
O Pelotas substituiu Charles por Heitor e aos 29' do segundo tempo Brito, do Guarany, derrubou Douglas Mineiro e foi advertido. Aos 30 minutos o time pelotense substituiu Brasão por Gabriel Carioca e no alvirrubro de Bagé entrou Brambila no lugar do Wellington.
Um novo cartão amarelo foi dado para o jogador Heitor do Pelotas por segurar o contra-ataque do Guarany. O mesmo Heitor colocou a mão na bola e levou cartão vermelho, momento em que o juiz marcou pênalti para o time bajeense. Léo Jaques bateu bem, com a bola no ângulo esquerdo.
Aos 42 minutos novo pênalti em favor do Guarany deixou o jogo tenso. A bola bateu na mão de Darlem, o que deixou o jogador Cleiton nervoso, que reclamou, acabou levando cartão vermelho e foi também expulso do jogo. Também foi dado um cartão amarelo para Gaspareto do time de Pelotas.
Aos 45 minutos após uma pequena confusão, com policiamento em campo, o jogador Léo Jaques bateu no mesmo canto esquerdo, mas rasteiro e marcou o segundo gol do alvirrubro.
Com muita revolta, o goleiro do Pelotas Rafael foi expulso e houve uma grande confusão em campo. Léo, atacante do Guarany, também levou cartão vermelho. Gabriel Carioca assumiu o gol do Pelotas.

 

Escalação:

Guarany: Anderson, Vareta, Brunello, Xandi, Gean, Cristian, Welington, Juninho Botelho, Michel, Guerra e Alemão
Pelotas: Rafael, Darlem, Cleiton, Gasparetto, Nicolas, Fábio Rosa, Charles, Uélison, Vinícius Martins, Douglas Mineiro e Brasão.


Por: Rochele Barbosa

 
Pesquisar