Norberto Dutra

sábado, 4 de fevereiro de 2017 às 0:00

A história de um homem comum

Em algum lugar li uma frase que muito me tem impactado ao longo da minha vida ministerial. Vejamos:
"Por favor, não me idealize nem me sentimentalize. Se realizei alguma coisa digna de admiração, foi por causa da grandeza de Deus. Ele tomou uma pessoa comum e fez coisas extraordinárias". Nas próximas semanas, iremos nos deter na história de um homem comum, que as Sagradas Escrituras o mencionam como um dos maiores guerreiros das batalhas de Israel, a sua estratégia para grandes conquistas foram idealizadas pelo Deus Todo-poderoso. Gostaria que em quanto passeamos pela história de Gideão, o meu estimado leitor tome ânimo, pois talvez o Senhor Deus queira utilizá-lo justamente por você ser um homem (mulher) comum.
Uma pessoa comum poderá fazer grandes coisas. É tão confortante como desafiador descobrir as pessoas comuns atrás das realizações extraordinárias. Somos confortados ao descobrirmos que, essas pessoas enfrentaram as mesmas lutas e imperfeições, que todos nós enfrentamos. Mas, também somos desafiados a perceber que, a causa da sua grandeza é o que, Deus realizou nelas e através delas. Não poderia Deus fazer o mesmo conosco, se estivéssemos dispostos? Constatamos que sentem as mesmas dificuldades emocionais e físicas que todos sentimos. Ao penetrarmos em suas personalidades, vemos os mesmos traços da fragilidade humana, comuns a todos os homens (mulheres). Contudo, eles realizam coisas extraordinárias. Por quê? Qual o segredo?
A honestidade da Bíblia acerca de seus heróis nos dá uma resposta esperançosa. Ela nos informa da inaptidão e impotência das pessoas comuns que, pelo poder de Deus, realizaram coisas extraordinárias. Somos tentados a pensar nelas como tendo inteligência superior e talentos espetaculares empregados para glória de Deus. Nada disso! Foram pessoas apanhadas pelo Espírito do Senhor, capacitadas para lutar com o impossível e receberam a graça de ser grandes para a glória do Senhor Deus.
Gideão é um exemplo bíblico clássico de uma pessoa comum, mediante a qual Deus realizou coisas extraordinárias. Um estudo de sua biografia no livro de Juízes, capítulos seis a oito, revela algumas chaves que desvendam o impossível. O exame destas chaves nos dá uma progressão para uma análise de sua vida, quanto uma compreensão aprofundada dos ingredientes básicos da grandeza comum deste herói da fé. E o que se torna mais importante que toda a estratégia divina se encontra a disposição de todos nós.
A primeira chave a encontramos no chamamento divino outorgado a uma pessoa que enfrenta circunstâncias insustentáveis. Continuem conosco na próxima semana. Bênçãos do Altíssimo para todos. Amém!


Por: Pastor Norberto Dutra

 
Pesquisar