Saúde

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017 às 0:00

Terapias alternativas agora serão oferecidas pelo Sistema Único de Saúde reconhecendo a importância das práticas no tratamento de diversos males

Para quem gosta de terapias alternativas como forma de tratamento para os mais diversos males, o Sistema Único de Saúde (SUS) divulgou, recentemente, uma novidade. Agora, as terapias classificadas como alternativas, como meditação, arteterapia e reiki, farão parte dos procedimentos oferecidos pelo SUS, ou seja, gratuitamente

Meditação significa ponderar - Créditos: Reprodução
Meditação significa ponderarReprodução
Maria Yaguna, terapeuta transpessoal e mestre reiki  - Créditos: Arquivo pessoalReiki é uma técnica japonesa que utiliza o toque - Créditos: ReproduçãoArteterapia usa a arte como parte do processo de cura  - Créditos: Reprodução

Terapias alternativas agora serão oferecidas pelo Sistema Único de Saúde reconhecendo a importância das práticas no tratamento de diversos males

SUS oferece terapias alternativas

Para quem gosta de terapias alternativas como forma de tratamento para os mais diversos males, o Sistema Único de Saúde (SUS) divulgou, recentemente, uma novidade. Agora, as terapias classificadas como alternativas, como meditação, arteterapia e reiki, farão parte dos procedimentos oferecidos pelo SUS, ou seja, gratuitamente.  As práticas integram as ações de promoção e prevenção em saúde, definidas pela Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC/SUS), criada em 2006.
Maria Yaguna, terapeuta transpessoal e mestre reiki , ressalta que, ao lado de terapias convencionais ou individualmente,  a arteterapia, reiki e meditação já fazem parte dos processos de cura há décadas.  "A adoção dessas práticas pelo SUS amplia as possibilidades de ações salutares no domínio da medicina. É um grande passo, pois terapias não invasivas e que utilizam recursos naturais, promovendo equilíbrio energético e emocional, projetam uma nova luz sobre a saúde e a doença, proporcionando o enfoque integral do ser", acredita.
Maria explica, ainda, que são recursos potenciais de cura e acompanhamento amoroso, que só vêm acrescentar ganhos nos processos curativos. "Como bioterapeuta, sinto extrema satisfação pela inclusão dessas terapias, principalmente por poder fazer chegar a todos, indicando um caminho de igualdade", avalia.

Reconhecimento

Na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), o Ministério da Saúde já reconhecia oficialmente a importância das manifestações populares em saúde e a chamada medicina não convencional, considerada como prática voltada à saúde e ao equilíbrio vital do homem.
Cabe ressaltar que os serviços serão oferecidos por iniciativa local, mas vão receber financiamento do Ministério da Saúde por meio do Piso de Atenção Básica (PAB) de cada município.
Em nota sobre a inclusão, o Ministério da Saúde ressaltou que o campo das práticas integrativas e complementares contempla sistemas médicos complexos e recursos terapêuticos, os quais são também denominados, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de medicina tradicional e complementar.
Algumas terapias já eram oferecidas dentro da categoria práticas integrativas, entre elas práticas corporais em medicina tradicional chinesa, terapia comunitária, dança circular, ioga, oficina de massagem, auriculoterapia, massoterapia e tratamento termal.

O que são terapias alternativas?

Na definição da Organização Mundial de Saúde (OMS), terapia alternativa significa aquela utilizada em substituição às práticas da medicina convencional. Já terapia complementar é utilizada em associação com a medicina convencional e não para substituí-la. O termo integrativa é usado quando há associação da terapia médica convencional aos métodos complementares ou alternativos a partir de evidências científicas.

O que é cada uma dessas terapias:

Reiki
A técnica japonesa se baseia na prática de imposição das mãos por meio de toque ou aproximação para estimular mecanismos naturais de recuperação da saúde. O método é um sistema natural de harmonização e reposição energética que mantém ou recupera a saúde. É indicado na redução de estresse, captando, modificando e potencializando a energia. Reiki é uma palavra japonesa que identifica o Sistema Usui de Terapia Natural (Usui Reiki Ryoho), nome dado em homenagem ao seu descobridor, Mikao Usui.
Rei significa universal e refere-se ao aspecto espiritual, à essência energética cósmica que permeia todas as coisas e circunda tudo quanto existe. Ki é a energia vital individual que flui em todos os organismos vivos e os mantêm.

Arteterapia
Faz uso da arte como parte do processo terapêutico.

Meditação
A palavra "meditação" vem do latim "meditatum", que significa ponderar. Trata-se da prática de concentração mental com o objetivo de harmonizar o estado de saúde.

Musicoterapia
Usa a música e seus elementos como terapia, através do som, ritmo, melodia e harmonia.

Tratamento quiroprático
É a prática de diagnóstico e terapia manipulativa contra problemas do sistema neuro-músculo-esquelético. O objetivo do método é avaliar, identificar e corrigir as subluxações vertebrais e os maus funcionamentos articulares, que podem causar irregularidades no mecanismo da coluna e na função neurológica. Em vez de prescrever medicação, o profissional de quiroprática busca o funcionamento correto da mecânica do corpo e a nutrição adequada. A finalidade é corrigir a causa do problema e não os sintomas.

 


Por: Jornal Minuano

 
Pesquisar