Divaldo Lara

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017 às 0:00

Com trabalho os resultados começam a aparecer

Estamos trabalhando. E já começamos a mostrar resultados.
Acredito que esta seja a melhor definição para 15 dias de administração, meio mês de envolvimento total com Bagé, problemas, dificuldades e busca de solução.
Estamos trabalhando, sim, e muito. Integrados, secretaria a secretaria, setor por setor.
Na última sexta-feira tivemos uma reunião de trabalho importante com todos os secretários municipais. Ali, discutimos os planos e metas da administração, o que pretendemos fazer e vamos fazer em cada área, segundo os anseios da comunidade, as convicções humanas e técnicas do que é melhor para o município. Sem deixar de lado as barreiras inerentes à situação em que encontramos a prefeitura, mas sendo incansáveis em superá-las.
Esse encontro com os secretários e o vice Manoel Machado foi marcado para a metade do primeiro mês de governo porque era preciso conhecer a máquina por dentro, e não apenas olhando da praça ou acreditando naquilo que nos diziam os ex-governantes.
Na reunião expomos o modelo de governança a ser implantado em Bagé. Da Educação ao Controle Interno, da Saúde ao Turismo.
O nosso governo tem planejamento. Sabemos o que queremos.
Considero isso muito importante.
Uma de minhas características (ou manias) é enxergar um projeto, como se olhasse um mapa ou uma maquete do alto. Preciso compreender claramente o que está sendo feito e como está sendo feito. Não gosto de me sentir num labirinto, tateando caminhos, supondo saídas para o problema. Prefiro a técnica. Ver com clareza o modo como iremos trabalhar  permite, por exemplo, que busque caminhos alternativos diante de um problema que surja no meio do caminho; permite que ao tratar sobre planejamento com um secretário tenha o domínio do assunto e saber quais direções definimos que seriam tomadas para a sua execução.
Estamos trabalhando. A comunidade já compreendeu que na prefeitura levamos muito a sério a responsabilidade recebida. 
Temos vários exemplos desta seriedade, como Cléber Carvalho, o secretário de Desenvolvimento Rural. Ele tem demonstrado toda a sua capacidade de trabalho para deixar em condições as estradas do interior do município. Entende de campo, de máquinas pesadas e do trabalho sol a sol.
Posso citar aqui um por um dos secretários, cada qual com seu estilo, mas todos  com feitos concretos em apenas 15 dias de prefeitura. É verdade que alguns herdaram problemas mais graves que outros, como a Saúde e a Infraestrutura; as secretarias de Juventude, Esporte e Lazer e o Meio Ambiente; o Planejamento e o Desenvolvimento Econômico. Mas, sem exceção, todos já começam a mostrar resultado, e isso me dá cada vez mais certeza que é possível fazer,  e fazer bem feito. Observem a questão dos especialistas na saúde, suprindo uma carência de atendimento de anos e anos; a avenida Áttila Taborda (da Vila dos Sargentos até o bairro Vicente Gallo Sobrinho) recebe manutenção e a obra de pavimento já já será retomada; o aumento de 370 vagas na educação, principalmente nas EMEIs; o Anel Rodoviário, que deve recomeçar em fevereiro, e a Barragem da Arvorezinha, em que uma grande parceria com o CREA-RS e o CIENTEC, sem custo para a prefeitura, vão possibilitar um diagnóstico profundo da obra, "o que foi feito, como, o que está errado, quanto falta, como?"  Depois disso, abriremos nova licitação e vamos fundo resolver esse problema de infraestrutura, que é de amplo conhecimento dos que vivem nesta terra.
 


Por: Divaldo Lara - prefeito de Bagé

 
Pesquisar