Fogo Cruzado

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017 às 0:00

Orçamento da União prevê recursos para Candiota

Pouco mais de R$ 5,9 milhões podem ser investidos no complexo termelétrico da CGTEE - Créditos: Arquivo
Pouco mais de R$ 5,9 milhões podem ser investidos no complexo termelétrico da CGTEEArquivo

O presidente da República em exercício, Rodrigo Maia, sancionou, ontem, sem vetos, o Orçamento Geral da União de 2017. Esta é a primeira peça orçamentária publicada sob vigência da emenda constitucional que estabelece teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos. O texto prevê pouco mais de R$ 5,9 milhões em investimentos diretos para o município de Candiota.
A revitalização do Complexo Termelétrico administrado pela Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), que integra o grupo Eletrobras, deve receber a maior fatia, fixada em R$ 4 milhões. O processo de adequação ambiental das fases A e B da usina movida a carvão deve receber R$ 1.920.000,00. A quantia está bem abaixo dos R$ 60 milhões reservados às mesmas funções, através do orçamento de 2016. Pouco mais de R$ 53 milhões, aliás, foram cancelados no final do ano passado.

Salário mínimo
O orçamento foi aprovado pelo Congresso Nacional no dia 15 de dezembro de 2016, com previsão de R$ 3,5 trilhões de gastos federais de 2017 e salário mínimo de R$ 945,8. No entanto, no dia 29 de dezembro, o governo corrigiu o cálculo do salário e anunciou, por decreto, o valor de R$ 937, em vigor desde o dia 1º de janeiro.


Por: Sidimar Rostan

 
Pesquisar