Fogo Cruzado

terça-feira, 10 de janeiro de 2017 às 0:00

Edimar projeta economia de R$ 500 mil com medidas de contenção

Valor será repassado ao Executivo, no final do ano, para aquisição de equipamentos

Presidente adianta que Câmara vai adotar pauta eletrônica para eliminar papel - Créditos: Rodrigo Sarasol / Especial JM
Presidente adianta que Câmara vai adotar pauta eletrônica para eliminar papelRodrigo Sarasol / Especial JM

Por meio de um pacote de medidas que visam a contenção de despesas no Legislativo, o presidente da Casa, vereador Edimar Fagundes, do PRB, projeta uma economia de R$ 500 mil até o final do ano. A intenção é repassar o valor à Prefeitura de Bagé, para aquisição de maquinários. "Ainda não definimos todas as ações, mas projetamos esta quantia em economia", pondera.
O pacote de medidas emergenciais, de acordo com a diretora da Câmara de Vereadores, Carla Caetano, inclui distintas ordens de serviços, que variam de cotas mensais para telefonemas à recomendações para a redução do consumo de energia elétrica. A Casa também adotou cotas para material de expediente, que abrange os gabinetes parlamentares. Uma mudança de ordem técnica, porém, pode ampliar a economia.
Edimar revela que a Câmara projeta, para o primeiro trimestre, a adoção de tablets (tipo de computador portátil, de tamanho pequeno), para que os roteiros das sessões (com as informações sobre requerimentos e projetos que serão votados) possam ser disponibilizados, aos vereadores, de forma eletrônica.
O presidente adianta que trabalha para implantar o sistema até o final do recesso parlamentar, que termina no final de fevereiro. "Isso vai trazer economia com papel e com a impressão", avalia. A medida é defendida por outros parlamentares. Na semana passada, Marina Portella, do PTB, apresentou proposta no mesmo sentido.


Por: Sidimar Rostan

 
Pesquisar