Campo & Negócios

terça-feira, 10 de janeiro de 2017 às 0:00

Capanegra promove remate de verão com oferta da raça Crioula

Entre as ofertas está Capanegra Soledad - Créditos: Alexandre Teixeira
Entre as ofertas está Capanegra SoledadAlexandre Teixeira

Reconhecida pela genética funcional que produz há mais de 40 anos na raça Crioula, a Cabanha Capanegra, de Dom Pedrito, promove, no dia 14 de janeiro, a segunda edição do Remate Capanegra de Verão. Uma oferta expressiva e diversificada estará à disposição do mercado, a partir das 14h, com transmissão do Canal Rural.
Serão negociados 76 animais de diferentes categorias: éguas de cria, éguas domadas, potras, reprodutores domados e cavalos castrados para esporte e lazer. A exemplo da primeira edição do leilão, realizada em 2016, o titular do criatório, Fernando Dornelles Pons, projeta boas vendas para o público de usuários da raça, que congrega mais de 60 mil pessoas em todo o Brasil. "No ano passado, vendemos para oito estados diferentes. Neste ano, mesmo enfrentando retração financeira, acreditamos repetir o sucesso da comercialização, devido à alta funcionalidade da genética oferecida", afirma Pons.
Entre as apostas, está o garanhão domado Capanegra Tempero Indiano, filho de Capanegra Jacarta, um dos cavalos mais funcionais da raça e também produtor de craques, como Festejo 1061 Maufer, El Barquero 04 Patagonia e Capanegra Quinta Sinfonia. Uma irmã materna de Quinta Sinfonia, dona da maior média do ciclo de credenciadoras ao Freio de Ouro 2017, com 21,765 pontos, também estará à venda: Capanegra Soledad, parida de macho de Capanegra Sarrasceno e com serviço de Salmon da Brigadeira.
Além disso, a genética de resultados morfológicos da tradicional cabanha será disponibilizada. Um dos destaques é o cavalo Capanegra Scorpion, irmão materno de Capanegra Ursa Nativa, grande campeã em diversas exposições morfológicas e reservada campeã potranca menor da Expointer 2016.
O catálogo do II Remate Capanegra de Verão já pode ser acessado no site da Parceria Leilões, empresa que estará a cargo dos negócios. A condução do martelo ficará sob o comando do leiloeiro Fábio Crespo. O pagamento poderá ser feito nas tradicionais 50 parcelas praticadas no mercado da raça Crioula.


Por: Redação

 
Pesquisar