Campo & Negócios

terça-feira, 10 de janeiro de 2017 às 0:00

Clima mantém umidade nas lavouras de arroz

     - Créditos: Arte/Climatempo
Arte/Climatempo

As chuvas que vêm ocorrendo sobre todas as áreas produtoras de arroz do Rio Grande do Sul mantêm o solo com boa umidade, mantendo os níveis dos reservatórios em condições ideais ao uso da irrigação. No entanto, alguns produtores já começam a relatar que o excesso de umidade e os vários dias seguidos de tempo fechado prejudicam o pleno desenvolvimento das lavouras. Os dados são do boletim semanal do Instituto Climatempo, produzido especialmente para o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga).
A previsão indica que ao longo da semana a presença de uma área de instabilidade sobre o Estado manterá o tempo fechado e chuvoso em grande parte das regiões produtoras de arroz. O tempo só voltará a ficar firme e sem previsão de chuva generalizada no final da semana. Ainda não há relatos de perdas nos potenciais produtivos das lavouras, mas as condições meteorológicas adversas causam apreensão.
De acordo com o boletim do Climatempo, as chuvas estão ocorrendo com frequência por conta do enfraquecimento do fenômeno La Niña e de uma condição de águas mais quentes do que a média na região costeira do Oceano Pacífico, mantendo o corredor de umidade sobre a região Sul do Brasil.


Por: Redação

 
Pesquisar