Renato Marsiglia

quinta-feira, 22 de outubro de 2015 às 19:35

Renato Marsiglia

Convocação de Dunga

Nenhuma novidade à exceção da volta de Neymar e da convocação do goleiro Cássio (Corinthians) face a lesão de Marcelo Grohe. Não faria sentido levar o goleiro gremista saindo de uma recuperação, tendo a possibilidade de convocar outro profissional em plena atividade e ritmo de jogo. Na verdade não temos ninguém sobrando nesta posição no Brasil. Temos isto sim vários bons goleiros, onde as trocas não farão grande diferença. Devemos aceitar a realidade de que não temos mais uma unanimidade nesta posição como Taffarel ou Marcos em suas épocas.

Treinadores brasileiros em baixa
Foram escolhidos os técnicos que concorrerão ao título de melhor do mundo em 2015 em evento marcado pela Fifa para 11 de janeiro do ano que vem: Arsene Wenger (Arsenal), Carlo Ancelotti (ex-Real Madrid), Diego Simeone (Atlético Madrid), Jorge Sampaoli (Seleção do Chile), José Mourinho (Chelsea) Pep Guardiola (Bayern Munique), Laurent Blanc (PSG), Luis Enrique (Barcelona), Massimiliano Allegri (Juventus) e Unai Emery (Sevilla). São três espanhóis, dois franceses, dois italianos, dois argentinos e um português.

A propósito
O leitor irá perguntar: nenhum alemão? Lembro que Joachim Löw foi escolhido o melhor de 2014 (Campeão Mundial) e a Seleção Alemã não disputou competição oficial este ano. Por outro lado, o treinador do poderoso Bayern de Munique é um espanhol. Para variar, nenhum brasileiro na relação, da mesma forma que em nenhuma das principais ligas do mundo. Nossos "professores" só conseguem emprego fora do Brasil nos chamados "mercados periféricos" (China, Japão, Oriente Mèdio, etc). O massacre tático que sofremos chega a ser óbvio.

Conmebol decide tirar Del Nero da Fifa
Marco Polo Del Nero está prestes a deixar sua cadeira no Comitê Executivo da FIFA. A Confederação Sul-Americana de Futebol tomou a decisão de substituí-lo, pois não participou da última eleição da entidade, não esteve no sorteio das Eliminatórias para a Copa/2018 e faltou a três reuniões do Comitê Executivo. O presidente da Associação Uruguaia, Wilmar Valdez, quer a cadeira, o que faria que pela primeira vez na história o Brasil não tivesse representante no Comitê Executivo da Fifa, que destina um 'módico salário' de 200 mil francos suíços anuais a seus integrantes.

Ibrahimovic: craque marrento
Zlatan Ibrahimovic, sueco do Paris Sain-Germain, é craque no campo e nos microfones. Ao ficar de fora da Copa do Mundo do ano passado depois de uma emocionante repescagem contra Portugal, quando Cristiano Ronaldo fez três gol e ele dois, Ibrahimovic disparou: "Não vou à Copa? Azar da Copa!". Agora, deu uma declaração parecida em relação a Eurocopa, onde seu país vai disputar a repescagem: "Não quero perder a Eurocopa. É inimaginável esse torneio sem mim". Sou sueco desde criancinha nesta repescagem.


Por: Renato Marsiglia

 
Pesquisar